Revisão Sistemática - Mapes

  • Home
  • Revisão Sistemática
Life Science

HEOR E Pricing

Revisão Sistemática

Revisões sistemáticas se encontram no topo da pirâmide de evidências. Trata-se da busca e síntese das evidências disponíveis para responder uma pergunta científica clara e objetiva, por meio de métodos sistemáticos e reprodutíveis para identificação e seleção de estudos primários relevantes, bem como extração e análise dos dados reportados nesses estudos.

O primeiro passo para o desenvolvimento de uma revisão sistemática é a formulação de uma questão científica baseada no acrônimo PICOS, que visa esclarecer qual a população de interesse, a intervenção avaliada, seus comparadores, os desfechos importantes (outcomes) e o tipo de estudo que se visa identificar. A partir do PICOS são desenvolvidas estratégias de busca que auxiliaram a pesquisa dos estudos de interesse em bases da literatura. Após seleção dos estudos e extração dos resultados, a revisão sistemática pode ou não ser seguida por uma metanálise, que conta com métodos estatísticos para sintetizar os resultados coletados.

A revisão sistemática tem o objetivo de realizar uma revisão crítica e abrangente de um determinado assunto. É uma ferramenta chave para o desenvolvimento de dossiês de ATS, consensos e diretrizes clínicas, e para o estabelecimento da jornada clínica para cada condição clínica.